3×4 (Ando louca) – (Roberto Menescal e Paulo César Feital)

Ando louca, chorando aos borbotões

Ando louca, bebendo com os ladrões

Pois quem sabe eles roubem de mim essa amargura

Ou me tragam alguém que no fim pareça com você

Ando louca, pergunte aos violões

Ando pelas rimas dos nossos corações

Ou será que só tenho direito às aventuras

Uma cama, um motel e um pedaço de ninguém

Teu perfume derrubo no travesseiro

Entre as coxas, tua foto a me alucinar

E ao teu três por quatro me dou de corpo inteiro

De tão louca, ainda peço a você pra engravidar

E depois eu só quero morrer…

Ando louca, e agora você vem

Feito um louco roubar-me o que convem

Bate à porta, me vê quase morta

É desacato, vem pedir o que resta de mim:

O três por quatro

Fico louca…

Ando louca…

COMPARTILHE:
Todos os direitos reservados