Bênção, bossa nova – (Menescal, Carlos Lyra e P. César Pinheiro)

Bênção, bossa nova, Que ninguém há de esquecer

Nos seus quarenta anos, Fiz um samba pra você

Foi tanto mestre que eu ouvi, Villa, Ravel e Debussy

Bach, Chopen e muito mais, Gershwin, Sinatra, Cole Porter

E as harmonias que abriram as portas, Do coração do jazz

Trio Los Panchos,Caballero, Lucho Gatica, Augustin Lara

Samba-canção é a cara do bolero, E é por toda essa influência

Que o Rio de Janeiro faz a bossa, E canta pro mundo inteiro

Bênção, bossa nova

Que ninguém há de esquecer

Nos seus quarenta anos

Fiz um samba pra você

Foi tanto mestre que eu ouvi, Desde Noel, Caymmi e Ary

Até Garoto e Pixinguinha, Ah, que saudade a gente sente

De Elizeth, Lúcio, Dick, E de Dolores, Sylvinha

Tanta lembrança de Ronaldo, Nara, Maysa e Aloysio

Newton Mendonça, Elis e Luiz Eça, Lembro Vinicius pelo verso

E Tom Jobim pela canção, E canto e peço de coração:

Bênção, bossa nova

Que ninguém há de esquecer

Nos seus quarenta anos

Fiz um samba pra você


COMPARTILHE:
Todos os direitos reservados